Algodão suspenso num fundo azul intenso

Já decidi que não quero morrer em um dia de calor, destes quentes como o de hoje e dos que estão por vir. Definitivamente, não! Imagina, morrer suada? Credo. Não gosto. Fora que a maquiagem borra. Gata borrada ao invés de gata borralheira. Ah, não. Definitivamente, não!

O calor não combina comigo, apenas com algumas sensações. Mas, o adjetivo oriundo de calor é mais interessante. E eu tenho muitos sentimentos quentes ou cálidos. Até porque, frio é algo que ninguém quer ser, a não ser em situações extremas.

Mas, no meu dia derradeiro, não será um dia frio, daqueles de ter de colocar luvas, cachecol, casacões. Será um dia ameno. Daqueles que dá vontade de ficar na rua, tomando a brisa, aquele solzinho acalentador, mas não sufocante. Será um dia alegre. No céu, haverá poucas nuvens. Serão como algodão suspenso num fundo azul intenso. Haverá ciclames multicoloridos à minha vista. Minha maquiagem não estará borrada, porque não irá existir. Estarei de cara limpa e peito aberto. E um monte de desejos refrescantes na memória e uma grande maioria de realizações.

E eu não suarei. E eu não reclamarei. Só sentirei uma brisa de um adeus.

Anúncios

2 comentários sobre “Algodão suspenso num fundo azul intenso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s