Quem vos fala, por favor? – Coluna nº 9

É o último dia do mês. Tudo tem passado tão rápido, no mesmo passo com quem avançam as transformações tecnológicas. Entretanto, nossas transformações íntimas parecem emperradas diante de um universo de impotência. Uma impotência que é nossa própria criação: a criação da criatura. Humm… Se houve algumas criações tecnológicas interessantes das criaturas, sem dúvida, está … Mais Quem vos fala, por favor? – Coluna nº 9

No fim do que não tem fim

As rugas tinham feito morada sobre suas sobrancelhas. Talvez fossem as preocupações que lhe haviam esculpido cada uma, como as lágrimas duramente derramadas. Com voz fina e suave, contava parte de sua vida, longa até então. Talvez inventasse algumas coisas, afinal, perdia-se em algumas partes, talvez com vontade de suprimí-las ou acreditar em inverdades. Relembrou … Mais No fim do que não tem fim

Nebulosos…

Existem dias que parecem grandes provações. E também existem pessoas que ficam nos testando a todo tempo, para ver se podemos explodir ou manter a calma, ignorando as investidas cada vez mais irritantes. Não sei se paciência e calmaria andam juntas. Ser calmo, talvez não seja ser paciente. E ser paciente, muitas vezes, não é … Mais Nebulosos…

Uma mentira e uma grande farsa – Coluna nº 8

Todo mundo mente pelo menos uma vez na vida. Há mentirinhas e mentironas.  Há também pequenas omissões e grandes omissões. Algumas para um bem maior. Outras, para o bem próprio. Interessante é que há os que convivem muito bem com a mentira. Estão acostumados a fazer dela sua fiel aliada. E na verdade, a mentira … Mais Uma mentira e uma grande farsa – Coluna nº 8

A genuidade especial

Esperamos ações genuínas de todos os seres humanos, porém, nem sempre há ações genuínas e, tampouco, seres humanos genuínos. Porque muitos têm se perdido com as alegrias instantâneas do consumismo e se embrenhado em conceitos que não têm nada de humanidade. Paixões, que mais parecem vícios, não têm mais nome e sobrenome, mas siglas que … Mais A genuidade especial