Que seja…

Que o amor seja como uma viagem aos lugares que nunca estive ou como as lembranças dos lugares onde quero retornar.

Que não termine na viagem de volta.

Que não tenha turbulências, mas que voe alto. E plaine quando seja preciso.

Que seja navegável.

Que traga aromas de tantos cantos ou cheiro de chuva, mas não de tempestade.

Que seja colorido como as flores primaveris.

Que não tenha fronteiras e que se comunique com o idioma conhecido, embora numa linguagem diferente.

Que tenha o frescor do novo e a magia do encanto.

Que não tire férias e que não precise delas para viajar.

Que seja o carimbo no passaporte das emoções renovadas.

Que seja o destino preferido.

Da viagem de sempre.

Boa.

Viagem.

Imagem

 

Anúncios

3 comentários sobre “Que seja…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s