Graças … a Deus

Há quem pensa que o bem não tem amplitude. Não reverbera.

Há quem não queria mais fazer o bem, porque cansou de observar o mal por todo o lado.

E há quem abandona o bem com o derrotismo do “para que fazer o bem?”.

Mas, a magnitude do bem é uma semente que floresce e dá tantos frutos. É preciso paciência. É preciso determinação. É preciso confiar e não “largar a mão”: a mão de Deus.

E todo o bem que se faz volta com um tesouro. Um baú cheio de novidades. Lembranças a serem guardadas. Um patrimônio de coisas boas, que não têm dimensão no mundo material. É um mundo único e nobre.

Agradeço a Deus por todos os dias e o bem que há neles. O bem que é feito para mim. E o bem que é feito pelos outros. Por mim.

Além do amor, a gratidão é um elemento que engrandece o bem.

E esta gratidão é o que move ainda mais sementinhas do bem por todo canto.

Espalhe sementes de bem. De amor.

De gratidão.

Muito obrigada.

Imagem

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Graças … a Deus

  1. Lindo!!!
    Domingo às 19- vamos cantar na Igreja do Montenegro, lembra?
    Vamos cantar Dirait on e pensei se vc pudesse ir… seria legal e se vc chegasse às 17:30 rsrs ensaiar com a gente pra cantar rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s