Sem mais…

Não sei o que dizer e para quem.

Diálogos enfadonhos estão por todo lugar. Há gente que fala sozinha ou que não dá tempo para os outros falarem.

Me decepcionei com certas pessoas; aquelas que se fazem de amigos, buscando uma vã aproximação para fazer declarações baratas.

Não há imunidade neste jogo.

Cansei destas frivolidades; destas mensagens que não têm nada por dizer, além de abarrotar os meus olhos com o que não convém.

Há mesquinhez nos olhares.

Há gente querendo ser ouvida mesmo sem poder dizer uma palavra.

Procuro os meus refúgios. Tenho ficado cada vez mais alheia a esta ridícula mania de palpitar.

Esta benevolência inventada travestida de boas intenções é um convite para interpretações das mais nefastas. Não quero mais perder tempo.

M. KIKUTI

Anúncios

2 comentários sobre “Sem mais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s