Lava, põe no varal e deixa secar

 

24_071016_fotoRoupa suja se lava em casa. Todo mundo já ouviu isto, não é? Mas muita gente perdeu o senso e o timing das coisas. Em tempos em que as pessoas lavam a alma até nas redes sociais, qualquer oportunidade parece um ringue propício para todo e qualquer tipo de discussão.

Intimidade é uma coisa muito séria. Não dá para ficar falando aos quatro ventos, porque aí deixa de ser íntimo. O negócio vira público. Vira motivo para o escárnio coletivo. Vira imaturidade. Vira um monte de coisas que poderiam ser evitadas com um simples gesto: exercitar o silêncio.

Ser adulto requer exercitar, também, a ponderação. E quando se é um casal, mais ainda. Discutir na frente dos outros gera um mal estar gigantesco. É uma energia ruim que se propaga e acerta quem não tem a ver com o peixe.

Há receitas de “simancol” pra ver se ajuda a desanuviar as vistas, sabe. Uma delas é medir as consequências do que se faz e do que se diz. A segunda é ter respeito pelo outro, independentemente se o interlocutor acredita que está certo.

A vida é muito curta para bobagens. Para discussões em momentos inoportunos que, geralmente, levam ao fracasso maior. Quer lavar a roupa suja? Use a máquina, o tanquinho, o chuveiro no banheiro. Ninguém é obrigado. Agradecida estará a humanidade. Namastê!

(ESTE TEXTO INTEGRA A COLUNA EMPÍRICA&CRÔNICA PUBLICADA ÀS SEXTAS-FEIRAS NA FANPAGE GUARULHOS TEM, DA PREFEITURA DE GUARULHOS)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s