Declarações

blog_foto_

Tenho saudade das declarações verdadeiras. Aquelas que emocionam, não só pelo conteúdo, mas pela forma como são feitas.

Tenho saudade das declarações que enchem os olhos de lágrimas e abrem caminho dentro do coração, tapando nossos medos, escorregando nas amarguras e incendiando, novamente, a vontade de ser feliz. E isto é como replantar a fé.

Tenho saudade das declarações que quebram barreiras, amontoam o entulho para longe e abrem passagem para o novo, para a paisagem escondida. E isto é como ampliar o horizonte.

Tenho saudade das declarações no papel com letra cursiva, com cheirinho de perfume, com borrão de lágrima, com final inesperado. E isto é como voltar no tempo.

Tenho saudade das declarações na pele, tatuadas em códigos que só quem ama entende, que só quem ousa faz. E isto é coisa de gente muito pra frente.

Tenho saudade de palavras de verdade, sem abreviações, e sentimentos de verdade, que brigam com o mundo só para ter fundamento. E fundamento com alicerce. E isto é coisa de quem constrói uma história e a solidifica. Sem medo de ser feliz.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s