Terceira semana

blooming-flower-wallpaper

Olho para o calendário. A terceira semana do ano está quase no fim. Está tudo tão agitado que parece que vivi mais de um mês em quase 20 dias. É um vendaval passando. Mas minha casa está de pé. Um pouco arranhada, mas inteira.

Tenho tentado abrir algumas portas. Houve tentativas nas quais nem a maçaneta rodou. Outras até ficaram entreabertas, mas foi melhor não entrar. Há passagens que podem gerar tantos dissabores que é melhor não atravessá-las. Não compensa.

Tenho tentado me redescobrir, me redesenhar. Penso no que não fui, mas confesso que pensar no que posso ser é bem mais instigante. E ainda há tantas, tantas, inúmeras possibilidades. Coisas que eu não sei, mas posso saber. Coisas que eu não tentei, mas posso tentar.

A vida se renova. Eu me renovo. Viro uma novidade todos os dias, com vontade interminável de fazer diferente.

Por enquanto, meu café continua o instantâneo. Misturado ao leite, eu não levo muito em conta. Mas experimento os expressos da vida. E esta vida tem sido tão expressa…expressa em momentos, sentimentos. Tudo junto e misturado. Mas tudo vivido e absorvido. Deglutido. Digerido.

Faço suco. Misturo fruta e água. Também tenho me misturado para ver o que é que dá. Chacoalho as ideias. Estou tentando fazer polpa. E me poupando dos maus pensamentos.

Eu me desabrocho todos os dias. E não me canso de florescer.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Terceira semana

  1. Bom dia Monica,
    Nossa essa “terceira semana” que escreveu é exatamente como me sinto…me fez encher os olhos de lágrimas…amei…suas palavras são incríveis. Deus te ilumine e abençoe para que continue com esse “dom da escrita” de coisas boas, motivadoras, instigantes, edificantes, críticas, enfim….Parabéns. Bjs.

    1. Deise, obrigada pela visita! É sempre uma alegria tê-la por aqui! Fico honrada pelo texto ter trazido a você esta emoção. É importante que a gente se emocione e sinta esta empatia gostosa, né? Gratidão pelas suas palavras e por seus desejos do bem! Beijos e até breve,

  2. Que lindo texto Monica! Pois é… a adversidade faz florir em nós capacidades que, em circunstâncias favoráveis (zona de conforto), teriam ficado adormecidas. É como disse o nosso Poetinha: ..”É melhor ser alegre que ser triste/
    Alegria é a melhor coisa que existe/É assim como a luz no coração/Mas pra fazer um samba com beleza/É preciso um bocado de tristeza(2x)/Senão, não se faz um samba não….Porque o samba é a tristeza que balança/E a tristeza tem sempre uma esperança (2x)/De um dia não ser mais triste não…”

    1. Estimada Lilia, muito obrigada pelo seu comentário e por trazer esta música tão linda à nossa memória! Florescer é preciso. Necessário. E deve ser uma constante na gente. Alegria e paz são fundamentais!! Um beijo e até breve,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s