Coragem que fumega

O café ainda está quente e cada gole é absorvido com a mesma intensidade da vida que segue. Sem paradas, sem pausas. Ela segue cheia de incertezas. E as incertezas movem a vida: nada é estático, determinado, infinito. Absorvo cada sentimento também, junto com a bebida que segue quente. Fumegante. E cada sentimento também é … Mais Coragem que fumega

“Nãonica”

Quase me descabelei quando as coisas começaram a dar errado ao meu redor. As portas não abriam. Eram chaves que não encaixavam. Eram maçanetas enferrujadas. Eram “nãos” seguidos de “nãos”. Eles me eram tão familiares, que chegou um momento no qual não me surpreendia com eles. Hoje, com a mente mais calma, avalio que estes … Mais “Nãonica”

Sorria também

Não tenha medo. Nada vai faltar. As adversidades vêm e vão. Não tema. O que será de ti? O que será do amanhã? O presente sorri para você, enquanto você chora. Não seja injusto. Aproveite. Sorria também. Reencontre suas forças. Elas estão aí, diante de ti. Reconheça-as. Recolha-as. Renove-as para si mesmo. Desembrulhe seu presente. … Mais Sorria também

Irrompendo

Pautar a vida em erros e acertos é algo limitador. Viver é bem mais que isto. É um universo que se descortina todos os dias, trazendo novidades, anseios, sensações, escolhas. Há situações que nos forçam, que nos arremessam para o desconhecido, que arrebentam os laços com o habitual. É o popular “sair da casinha”, deixar … Mais Irrompendo

Terceira semana

Olho para o calendário. A terceira semana do ano está quase no fim. Está tudo tão agitado que parece que vivi mais de um mês em quase 20 dias. É um vendaval passando. Mas minha casa está de pé. Um pouco arranhada, mas inteira. Tenho tentado abrir algumas portas. Houve tentativas nas quais nem a … Mais Terceira semana

Me recompus

O ano começou como um baque. Eu nem vi direito e já era 2017. Vi fogos, rojões e muitas coisas ardiam dentro de mim. Alguns medos, algumas indagações, aqueles arrepios de não saber para onde ir e o que fazer. Começar o ano sem emprego é um soco no estômago. É um nocaute. É um … Mais Me recompus

Um viver feliz

Acho que a retrospectiva de 2016 demoraria uns três anos se fosse para colocar tudo o que aconteceu. Houve muita coisa ruim, é verdade, mas também houve coisas boas. Lógico que a experiência pessoal é única para cada um e aí é preciso ver o lado bom, reconhecer o que se aprendeu com o desenrolar … Mais Um viver feliz