Sentido

A vida prática. A verdade enfática. Não adiantam as parábolas que não se compreendem. As coisas não são mais como antigamente. Gente que não é mais gente. Sentido que não faz sentido. Senso que não é de humor. E de nada que dê graça. Desgraças. Perde-se tempo. Perde-se a graça. Perde-se mais do que se … Mais Sentido

Retorno

Decidi retornar, depois de um tempo. Ouvi os soluços das vozes interiores. Mas, era preciso. O tempo mostrava que já era o momento. Certo ou não. Ninguém sabe. Retornei ao tempo presente, como quem escava para voltar à superfície. Senti as lembranças como argumentos das devastações que haviam acontecido. Mas, como uma floresta, podia fazer … Mais Retorno

Incertezas

As incertezas me rondam todos os dias, enquanto as certezas desfacelam o que não se quer ver. O óbvio é tão cruel. É invencível quando se monta historinhas. Ele chega e mostra o quanto a verdade precisa ser aceita e compreendida. Incertezas. Motivações perdidas. Tudo por um triz. Por um inexato sentido. De ser. De … Mais Incertezas

Uma letra esquecida

Num piscar de olhos, tudo o que eu acreditava se desfez. Decompôs. Foi uma letra esquecida. Uma música que não tocou mais. E eu que pensava que tudo seria igual, por um tempo…. Que chegou ao fim. E nisto a gente não se prepara. O fim. Não me decepcionei. Até me assustei com a frieza … Mais Uma letra esquecida

Pelas inúmeras sacudidas da vida – Coluna nº 47

Uma leitora muitíssimo estimada me enviou um calendário no início do ano, que além de pinturas, traz frases inspiradoras. Ele fica na minha mesa, sobre a CPU, onde olho vez por outra para sinalizar-me a respeito de datas e compromissos, já que sou meio avessa a agendas: realmente, não consigo usá-las muito bem… Escrevo alguma … Mais Pelas inúmeras sacudidas da vida – Coluna nº 47

Passou…

Até ontem ou agora há pouco, precisava me apaixonar. Não sei por quem. E nem pelo quê. Mas, passou. Passou como o tempo. Passou com a dor de cabeça. Passou como a vontade de chocolate ou um banho de mar. Passou com a enxurrada lavando as calçadas. Passou como o ônibus perdido. Passou como o … Mais Passou…