Andanças

É quase meio-dia. O vento sopra o perfume das rosas por trás das cadeiras. Há uma imensidão de jardim, diante de um céu azul. As copas das árvores se misturam com a paisagem, fazendo contorno à torre da igreja. Há gente, há música ao fundo com as novidades de um novo dia! Anúncios

Do outro lado

A manhã despertou com preguiça. Era dia de novo. No livro de cabeceira, a frase inquietante com a sede dos instantes. Fazia calor nos pensamentos e na vida lá fora. Nos passos rápidos, as inspirações se descolavam no asfalto enquanto o gato preto estirava o corpo. Preguiçoso! As flores já não eram mais as mesmas. … Mais Do outro lado

Embrulho

Há luzes por todo canto. Há barulho. Vento gelado. A hora passa trapaceando a saudade repentina de uma ausência inconsequente. O poste ilumina a árvore semi moribunda como o amor que se recolheu dentro da toca. Marmota. E o teu olhar ficou perdido nas lembranças de outrora, no recomeço ávido pelas notícias que nunca se … Mais Embrulho

No envelope

O tempo já não me convence e tampouco convém. No mundo, o giroflex da inconcordância está ligado. Há sirene, há aviso. E quem não ouve nada. O que é que a gente faz quando não se sabe o que fazer, para onde ir e onde ficar? O que é certo e o que é errado? … Mais No envelope